10 Páginas essenciais que seu blog ou site deve ter publicadas!

Páginas essenciais que seu blog ou site deve ter publicadas online!

Você sabia que existem certas páginas essenciais que seu blog ou site deve ter publicadas na internet?

Em alguns países, algumas delas são até obrigatórias de se ter, já que as leis que protegem seus cidadãos e respectivos dados são bem rígidas, como é o caso dos integrantes da União Europeia.

Outra situação interessante é ter essas páginas para atender os requisitos de ranqueamento em mecanismos de busca ou mesmo para poder participar de programas de afiliados, por exemplo.

Também existem as páginas que a falta delas podem lhe prejudicar financeiramente, já que tem a função de atrair anunciantes ou parceiros para o seu projeto.

Ou seja, não ter essas páginas essenciais podem ser um grande problema para a sua operação online. Mas felizmente a maioria delas são simples de se criar e não envolvem muita dificuldade técnica ou legal. Confira:

1. Sobre o autor e projeto

Não importa qual endereço na internet o usuário está acessando, com toda certeza ele tem interesse em saber mais quem está por trás do mesmo.

Então é de se esperar que todo site tenha pelo menos uma página “Sobre” para informar a seus usuários mais detalhes sobre o autor ou empresa em questão.

Também é comum ver nessas páginas a história do projeto, como quando surgiu a idéia de cria-lo, e a sua evolução ao longo dos anos, mostrando os números e metas compridas.

Informar qual é a equipe atual que trabalha no site ou blog também pode ser uma informação interessante de se adicionar numa página “Sobre”. Assim como seus respectivos contatos e redes sociais.

Fazer uma selação de posts mais populares da história do blog, seja por número de visitas, comentários ou compartilhamentos também é uma idéia válida para este tipo de página.

2. Página de contato

Não importa se é um projeto pessoal e pequeno, ter uma forma de alguém entrar em contato com os responsáveis de um site é algo essencial na web.

Não ter essa página no seu projeto pode ser até um risco, já que notificações importantes podem ser perdidas, algo que pode ser desde um aviso de remoção de conteúdo até mesmo contato para fechar um acordo de publicidade/parceria.

E não existem desculpas para deixar de ter uma página de contato no seu site ou blog, já que a mesma pode ser feita de maneira extremamente simples, bastando adicionar um email ou número de celular (WhatsApp/Telegram) em forma de texto.

Se preferir algo um pouco mais complexo, profissional e elegante, pode-se criar um formulário de contato por email. Existem opções gratuitas de ferramentas bem intuitivas na internet que te ajudam com isso.

Outra alternativa são os chats ao vivo, que garantem um contato imediato com o usuário. Inclusive podem ser incrementados com o uso de rôbos de chat, que automatizam diversas respostas padrão e podem ajudar a resolver questões simples sem necessidade de um atendente real.

3. Política de privacidade

Agora vamos entrar nas páginas essenciais para seu blog ou site que exigem um pouco mais atenção e cuidado na sua construção, não porque são tecnicamente mais complexas, mas sim por envolverem termos legais.

Mas antes que você ache que precise contratar um advogado, quero acalma-lo dizendo que para a maioria dos projetos na web, criar esta página essencial e outras relacionadas não é um “bicho de 7 cabeças”, e você mesmo pode fazer isso.

Provavelmente você não tem um site grande, como uma rede social, então basicamente o que precisa fazer é utilizar um modelo de página de Política De Privacidade já existente com adaptações. Algo bem comum em projetos de pequeno porte na web.

Ao olhar um modelo como a nossa página, pode achar o tamanho muito grande e um texto bem complexo, mas ao analisar com calma percebe-se que o objetivo é transmitir de maneira clara e objetiva as informações ali contidas, algo não muito difícil de se fazer.

Por fim, se você tem um site um pouco mais complexo, reside em um país com leis especificas para privacidade online de seus cidadãos, ou tem o seu projeto hospedado em países com estas leis, é recomendado estudar mais sobre o assunto ou até mesmo procurar uma ajuda profissional para criar corretamente sua Política De Privacidade.

4. Política de cookies

A página de Política de cookies é vista atualmente como um complemento da página de Política De Privacidade, já que ambas possuem uma relação bem forte com os direitos sobre os dados pessoais dos visitantes do seu site ou blog.

Basicamente sua função é informar ao usuário quais são os cookies que estão sendo armazenados no seu navegador de internet, qual a finalidade dos mesmos, e quanto tempo eles permanecem ativos.

Por causa disso a construção dessa página exige um conhecimento mais técnico, o que pode ser complicado para os mais leigos que só tem um site ou blog simples na web.

Entretanto, como hoje existem diversos países com leis de privacidade online, essa página pode ser obrigatória dependendo da sua localidade, e deve ser feita corretamente para ter validade legal tanto para o responsável quanto para o visitante.

Felizmente existem algumas ferramentas na internet que podem te ajudar a saber quais cookies o seu site tem, para que assim você possa lista-los nesta página e informar ao seu usuário. Uma boa opção grátis e online é o CookieMetrix.

5. Política de comentários

Se você é dono de um blog, e mantem a sessão de comentários ativa no seu projeto, uma página essencial super recomendada de se ter é a Política De Comentários.

Dessa forma é possível transmitir aos seus usuários quais são as regras desse ambiente de discussão no seu blog, o que é permitido ou não fazer, e os critérios para o comentário ser publicado ou deletado.

Isso pode evitar diversos problemas, como linguagem inapropriada ou SPAM, além coisas mais graves, como a responsabilidade pelos conteúdos publicados por estes terceiros.

Outro ponto interessante é que a Política De Comentários fortalece seu compromisso de transparência com o seu usuário, revelando a ele quais são os critérios para ter sua opinião publicada no seu blog sem correr riscos de ser penalizado.

6. Política de transparência

A Política De Transparência ainda é vista como uma página essencial não muito presente em blogs da internet, mas acreditamos que a mesma seja tão importante quanto as demais que já listamos aqui a cima.

Esse tipo de página é recomendado de se ter em projetos que envolve principalmente análises, recomendações, ou posicionamentos políticos.

A mesma pode ser muito importante para evitar a perda de sua credibilidade, por exemplo, ao revelar para o usuário que você não é influenciado ou financiado por ninguém, tendo ali uma opinião ou recomendação de fato sincera e neutra.

Nós mesmos aqui do Help Creators optamos por ter uma página desta, principalmente para alertar os usuários sobre os links de afiliados que possuímos em alguns posts, e que eles existem não porque nossa opinião foi influenciada pela comissão, mas sim por serem recomendações válidas para o nosso público.

Obviamente você deve “abrir o jogo” nesta página, caso contrário, a mesma pode ser usada contra você e todo o seu propósito pode ser comprometido.

7. Mídia Kit

Se você tem um site ou blog e quer aceitar propostas comerciais que envolvam banners de publicidade ou artigos patrocinados, precisará ter alguma dessas páginas essenciais publicadas: a de Mídia Kit, Anuncie ou Anunciantes.

Sejam anunciantes diretos ou agências, ambos procuram projetos que tenham essas páginas, pois facilita o trabalho deles, além de revelar que a operação destes sites é mais profissional.

Em resumo, as páginas de Mídia Kit são uma mistura de página sobre+contato+informações para anunciantes. Em outras palavras, você deve contar um pouco do projeto, ter emails e telefones comerciais, e revelar os modelos de publicidade disponíveis.

É interessante compor essas páginas com bastante estatísticas, sejam dos seus visitantes ou seguidores das redes sociais que você atua, afim de ajudar os anunciantes a entender melhor seu projeto.

Informar também quais outros anunciantes já trabalharam com você aumenta sua credibilidade, principalmente se algum deles for um caso de sucesso, o que gera maior valor para você negociar uma proposta melhor.

Quanto aos preços, fica a seu critério compartilhar ou não os valores publicamente nesta página. Não há uma regra ou padrão no mercado a respeito disso. Mas a dica é sempre deixar claro que você está aberto a negociar.

8. Erratas

Se você possui um blog focado principalmente em notícias, boatos, fofocas ou especulações, uma página essencial que este projeto deve ter é de Erratas.

Seus objetivos são informar artigos que possuem erros graves relacionados a veracidade de fatos e informações conflitantes, além de mostrar as respectivas correções e direitos de resposta das partes.

Este tipo de página reforça o compromisso do blog com a verdade, aumentando a sua reputação e sendo transparente aos usuários quanto aos erros cometidos que foram publicados no passado.

9. Mapa do site

As páginas chamadas de Mapa Do Site, Índice De Conteúdo ou Sitemap (em inglês) tem um objetivo simples, e que não é focado aos usuários do seu projeto, mas sim aos rôbos de indexação de buscadores, como o Google ou Bing.

Elas reunem os links de todas as demais páginas e posts publicados em seu site e blog em um só lugar, o que facilita o trabalho desses rôbos, que gastam menos tempo para indexar novas publicações nas páginas de busca.

Apesar de não ser obrigatório, já que os buscadores por padrão vasculham a web em busca de novas páginas, ter um sitemap (termo mais usado) é extremamente recomendado, não importando o tamanho do projeto.

Para criar um você pode contar com a ajuda de ferramentas online gratuitas ou até mesmo plugins para WordPress, por exemplo.

10. Termos de uso

A última página essencial para sites e blogs da nossa lista é a de Termos de uso. E provavelmente se você só tem um site ou blog básico, não precisará ter ela.

Esse tipo de página existe normalmente quando envolve cadastro de usuários para a utilização de algum serviço ou ferramenta, como um fórum ou sistema de pontos de lealdade, por exemplo (gamificação).

Neste caso essa página deve conter as regras de uso, responsabilidades, salvaguardas e outros termos que englobam todos os contextos para se usufruir do que está sendo disponibilizado para o usuário.

Dependendo do que é oferecido, uma página de termos de uso pode ser bastante complexa, o que exigiria um profissional mais qualificado para lhe auxiliar na construção correta de uma.

No geral, a página de termos de uso é mais usada para reforçar os direitos de uso, autorais, e de imagem dos conteúdos de seu projeto. As licenças mais comuns são de detenção total de direitos ou domínio público e livre.


Agora que você já conhece quais são as páginas essenciais que seu blog ou site deve ter, que tal nos ajudar a compartilhar esse conteúdo para mais pessoas? Envie o link do artigo para quem precisa ou repasse nas suas redes sociais ou email.

E também não deixe de comentar, afinal, será que existem outras páginas essenciais que não citamos na nossa lista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *