Como voltar para o editor clássico do WordPress (Removendo o Gutenberg!)

Desde a versão 4.9 do WordPress havia sido dado o aviso que a plataforma teria um novo editor de conteúdo, o Gutenberg, que estaria sendo implementando como padrão a partir da versão 5.0 em diante.

Este prazo foi dado para que o Gutenberg ganhasse compatibilidade com os principais temas e plugins do WordPress, além de solucionar bugs, e principalmente garantir uma transição mais suave dos usuários para o novo editor.

O problema é que nem todos gostaram do Gutenberg, ele é bem diferente do editor clássico, que era usado pelo WordPress desde sua versão 2.0. Outro motivo pode ser a falta de compatibilidade ainda com certos plugins e temas, causando conflitos ou “quebrando” todo o projeto.

Em ambos os casos você infelizmente não consegue trocar o Gutenberg de forma nativa, e voltar a usar as versões antigas da plataforma não é uma boa opção. Mas graças a comunidade do WordPress, temos uma solução bem prática para resolver todos estes problemas.

Então confira logo abaixo o nosso tutorial de como voltar para o editor clássico do WordPress, removendo o Gutenberg do seu painel de controle:

Editor Clássico Plugin

Editor Clássico - Plugin WordPress

Criado por Andrew Ozz, um dos desenvolvedores chefes do WordPress, este plugin permite voltar o editor clássico para o seu painel de controle, do mesmo jeito que era antes do Gutenberg chegar.

Também é possível conciliar ambos editores na mesma plataforma, o que te permite editar tanto no novo quanto no clássico, ideal para quem está se adaptando a novidade ou que tem aplicações que ainda não estão 100% preparadas para o Gutenberg.

Há também algumas configurações extras relacionadas a formatação do conteúdo e pré-definição de formato de posts, categorias, e categorias de links padrão. Algo simples, mas que pode agilizar alguns processos na hora da criação.

Adaptar-se ao novo ou usar o antigo?

Gutenberg vs Editor Clássico - WordPress
Gutenberg vs Editor Clássico

Até o momento parece que não há mais volta, o WordPress deve mesmo usar o Gutenberg daqui para frente, e isso deve fazer com que o mesmo melhore muito nos próximos anos.

Mas há bons argumentos quanto ao estado atual do novo editor de conteúdo, o que não descarta a recomendação de se voltar a usar o editor clássico do WordPress.

Porém, como já vimos em muitos exemplos da internet e até na natureza, a evolução é algo necessário para se avançar rumo ao futuro. O Gutenberg é o primeiro passo para um novo nível do WordPress, e não se adaptar a ele, poderá dificultar a administração do seu projeto daqui alguns anos.

Nossa recomendação é clara, procure conhecer e aprender a usar o Gutenberg o quanto antes. Assim que domina-lo e puder implementa-lo no seu blog, faça isso. Enquanto este momento não chega, use o editor clássico como uma solução temporária.

Concluindo, cedo ou tarde o Gutenberg será o único meio de editar conteúdos dentro da plataforma, já que o suporte ao editor clássico será descontinuado em 2021 de forma oficial. Então, o quanto antes você migrar, melhor será para você e seu projeto.


Gostou de aprender como voltar ao editor clássico do WordPress? Você prefere qual editor? Deixe sua opinião para nós aqui nos comentários!

Se curtiu nosso artigo, ajude-nos a compartilhar essa dica para quem não curtiu tanto assim o Gutenberg, postando nas redes sociais ou enviando o link para aquele seu amigo(a) blogueiro.